Cervejas e Chocolates

Compartilhe

Uma das mais deliciosas e surpreendentes formas de descobrir o potencial que a cerveja oferece no quesito harmonização, é a combinação com chocolate. Essa experiência é prova de que o que já é bom sozinho, pode ficar ainda melhor quando bem acompanhado.

Chocolate e cerveja trabalham tão bem juntos por causa da riqueza e untuosidade da manteiga do cacau que, à temperatura ambiente, derrete na boca, envolvendo o paladar em contraste à carbonatação proporcionada pela cerveja. Essa interação por si só já proporciona um dos melhores e mais interessantes aspectos que podemos obter  de uma harmonização: as sensações provocadas  pelas texturas do alimento e da bebida.

Além disso, podemos buscar sabores complementares para o chocolate na cerveja e vice e versa.

E está muito enganado quem acha que chocolate só combina com Porter, Stout e cervejas escuras. Elas harmonizam muito bem com vários outros estilos.

CHOCOLATE AMARGO:Muito intensos, possuem alto amargor, sensação de secura, proveniente dos taninos do cacau. Procure cervejas intensas e fuja do óbvio. Combine com: Belgian Dubbel, Strong Dark Ale, Barley Wine e Old Ales.

CHOCOLATE MEIO AMARGO:Possuem maior equilíbrio entre amargor e dulçor. Normalmente possuem traços de ácidez e notas cítricas. Combine com: Porter Stout e Fruit Lambic.

CHOCOLATE AO LEITE:São mais adocicados e de textura cremosa. Combine com: Dunkel, Schwarzbier, NEIPA e Belgian Trippel.

CHOCOLATE BRANCO:Doce, alta cremosidade e alto teor de gordura. Combine com: Fruit Beer e Berliner Weisse.

CHOCOLATES RECHEADOS OU TEMPERADOS:Podem variar na textura, intensidade de amargor, dulçor e untuosidade. A dica é buscar similaridade entre os sabores adicionados no chocolate e na cerveja. Chocolates com caramelo combine com Barley Wine, nozes com Brown Ale,  frutas vermelhas com Fruit Beers, frutas cítricas com Weissbier e etc..

A dica é sempre buscar chocolates e cervejas de boa qualidade, assim como as cervejas, os chocolates artesanais estão ganhando força no mercado nacional.

Bóra harmonizar?

(Fonte: Science of Beer Institute)

Cheers

 

Compartilhe